Arara-da-patagônia PDF Imprimir E-mail

Arara_da_PatagoniaNome científico: Cyanoliseus p. patagonus

 

Outras denominações: Aratinga-da-patagônia, Papagaio-da-patagônia

 

Ave pertencente à família dos psitacídeos.

 

Tamanho: 45 cm

 

Peso: 250g

 

Expectativa de vida: 35 anos

 

Características Sua plumagem em geral é verde escura, a cabeça é ligeiramente amarelada, os lados do corpo e debaixo Sua plumagem em geral é castanho esverdeada, a cabeça e a garganta são ligeiramente mais tingidas de verde. O branco que marca os lados da parte superior do peito, muitas das vezes está ausente em alguns pássaros. O centro do abdômen e as coxas são vermelhos. A parte mais baixa das costas, a região mais alta coberta pelo rabo e os lados do abdômen são amarelos. As partes externas das asas são esverdeadas, as penas primárias são azuladas, a parte superior das coxas tem nuances esverdeados, a parte de cima do rabo é verde com nuances de azul, o lado inferior do rabo é cinza, o bico é preto, o círculo ao redor dos olhos é largo e branco, sua íris é amarelada e seus pés da cor de carne. Machos e fêmeas são idênticos, mas em média, as fêmeas são menores.

 

Distribuição geográfica: Costumam criar em Córdoba, ao norte de Chubut até o sul de Neugun e ao sul de Buenos Aires, na Argentina. A população do sul se muda no inverno para o norte de Mendoza, no Uruguai.

 

Habitat: Todas as áreas abertas, mas preferem regiões secas com árvores de espinho e cactos, próximos a cursos d’água a 2.000m, sendo vistos regularmente em terras cultivadas.

 

Alimentação: Sementes de abóbora selvagem, bagas, nozes, frutas e vegetais. Os bandos regularmente se alimentam em campos cultivados de grãos e milho.

  

Reprodução: Postura de 02 a 05, mas o normal é de 03 a 04 ovos, que poderão estar infecundos ou os filhotes morrerem dentro do ovo. Apenas a fêmea choca. Podem fazer até duas posturas por ano, sendo que as crias são totalmente dependentes dos pais (altriciais).

 

 
, Powered by Joomla!; Joomla templates by SG web hosting