Ecletus PDF Imprimir E-mail

Ecletus Nome científico: Ecletus roratus roratus

 

Ave pertencente à família dos psitacídeos, considerado um dos mais belos papagaios existentes no mundo, sendo uma das espécies que apresentam características físicas que diferenciam machos e fêmeas. Apresenta uma espécie e 9 subespécies.

 

Tamanho: 35 cm

 

Peso: 400 a 600g 

 

Expectativa de vida: 40 - 50 anos

 

Características:

Machos: Sua plumagem em geral é verde escura, a cabeça é ligeiramente amarelada, os lados do corpo e debaixo das asas é vermelho, a região coberta pelo rabo é verde amarelada, a dobra da asa é azul, as penas externas das asas são azuis escuras com bordo estreito de cor verde, as penas centrais do rabo são verdes com as pontas amarelas esverdeadas, as penas externas do rabo vão do verde escuro ao azul escuro e as pontas têm um bordo estreito branco amarelado, o lado inferior do rabo é escuro e também com um bordo estreito branco amarelado, a parte superior do bico é avermelhada com a ponta amarela e a parte debaixo é escura, sua íris vai do amarelo ao laranja e os pés são cinzas escuros.

Fêmeas: Sua plumagem em geral é vermelho escuro, as costas e as asas são vermelhas acastanhadas, o abdômen, os lados do corpo, a parte mais baixa do peito, a faixa larga que cruza o pescoço e na nuca são azuis violetas, ocasionalmente a parte superior do peito também pode ser azul violeta, a dobra e a extremidade da asa também são azuis violetas, porém de cor mais forte, debaixo da asa é azul violeta escuro, as penas primárias e as secundarias são azuis escuras, a região coberta pelo rabo é vermelha, os pássaros de Ceram possuem uma cor amarelada nas pontas da região coberta pelo rabo, a parte de cima do rabo é vermelha com um bordo amarelo alaranjado muito tênue, o lado inferior é vermelho alaranjado com o centro escuro e um bordo amarelado, o bico é preto, sua íris é amarelada e os pés cinzas escuros.

 

Distribuição geográfica: Buru, Ceram e Ilhas Moluscas na Indonésia.

 

Habitat: Vivem isolados ou em pequenos grupos familiares em florestas, savanas com cobertura de árvores isoladas a 1.000m, excepcionalmente a 1.900m. São regularmente vistos em áreas com vegetação secundária alta e áreas clareadas com algumas árvores, se alimentam em áreas cultivadas, plantações.

 

Alimentação: Sementes como: girassol (não devem comer muito por causa do óleo, que irá atacar seu fígado), alpiste, milho alvo (todos os tipos), linhaça, semente de abóbora e aveia (pouca quantidade para não engordarem muito). Devem comer frutas (uva, morango, banana, goiaba, maçã, maracujá, etc...), gostam também de milho verde, cenoura, pepino, ervilhas, amendoim, beterraba e berinjela.

 

Reprodução: Na natureza, fazem ninhos principalmente em árvores altas, mortas ou palmeiras na extremidade da floresta, normalmente de 14 a 25 m de altura. Postura de 02 ovos normalmente, raramente 03, podendo fazer até 04 posturas ano. O tempo de incubação pode variar de 28 a 30 dias e a temperatura de incubação é de 37,5 ºC e umidade do ar de 65 %. Saem do ninho após 70 – 80 dias e continuam sendo alimentados pelos pais.

 
, Powered by Joomla!; Joomla templates by SG web hosting